Basquete de Araraquara tenta manter bom momento no Paulista Sub-19

Leia mais!

Meninas de Araraquara vencem o SESI pelo Paulista Sub-17

Leia mais!

Vôlei feminino de Araraquara perde e se despede do Paulista

Leia mais!

Natação: Equipe araraquarense conquista vitórias em Porto Ferreira

Leia mais!

Dunga poupa clubes brasileiros em nova convocação

Leia mais!

Pedreiro morre afogado em represa na Chácara Flora

Leia mais!





Sessão de Câmara - Ao Vivo


Tabela MF
SIM!NEWS - bastidores
Foto: Adriana Nagazako
Motorista acusa policial por agressão
Motorista do transporte coletivo acusa policiais de agressão e abuso de autoridade. Polícia Militar abriu investigação para apurar a denuncia

Data: 24/10/2014 10:13:25



Um motorista de ônibus do transporte escolar acusa policiais militares por uma agressão sofrida durante uma abordagem no final da tarde de quinta-feira (23), no Jardim Maria Luiza, em Araraquara. De acordo com o motorista, ele foi até a escola por volta de 17h30 como faz rotineiramente buscar os alunos. Antes de sair com o veículo, ele pediu que uma aluna pedisse para que um policial tirasse uma viatura estacionada próximo a escola e que impedia a manobra do ônibus.

Ainda segundo o motorista, após seguir o itinerário da linha, o ônibus foi parado por uma viatura. O policial apontou que o condutor dirigia sem de chinelos e sem o cinto de segurança. Houve uma discussão entre o motorista e os policiais na presença das crianças, sendo a vítima algemada após supostamente desacatar os policiais. “Eu disse que tinha que levar as crianças embora e que a polícia deveria prender vagabundos. Errei em afirmar isso e acho que o policial entendeu que eu o ofendi de vagabundo, o que não é verdade”, relata.

O motorista foi algemado e levado para a delegacia. Na sua versão, ele foi agredido pelos policiais e sofreu um corte no corte que lhe obrigou a receber cinco pontos, além de fortes hematomas. Os policiais afirmaram que ele se feriu porque se debateu dentro da viatura policial no trajeto até a delegacia.

A versão do motorista é confirmada por testemunhas. “Eu estava no ônibus e assisti às agressões”, disse uma das testemunhas.

A Polícia Militar informou que vai abrir uma apuração sobre o caso.

Veja a reportagem sobre o caso: